terça-feira, 22 de Julho de 2014

Michael Rogers vence 16ª tirada do Tour.


Escrito por: admin

O corredor australiano Michael Rogers (Tinkoff) venceu a 16ª tirada da Volta a França, com ligação entre Carcassone e Bagnéres-de-Luchon, com 237,5 quilómetros de extensão.

Rogers deixou para segundo Thomas Voeckler (Europcar) a 9 segundos e para terceiro Vasili Kyrienka (Sky), a também  9 segundos.

Vincenzo Nibali manteve a liderança, da prova, com Alejandro Valverde (Movistar) no segundo posto a 4.37 minutos e Thibaut Pinot (FDJ) a subir para terceiro a 5.06.

Quanto aos portugueses ainda em prova, Nelson Oliveira (Lampre-Merida) foi 78º, Tiago Machado 80º e José Mendes (ambos da NetApp) 85º e Sérgio Paulinho (Tinkoff) 89º, todos a 20,44 minutos.

Amanhã o pelotão continuará pelos Pirenéus, com 124,5 quilómetros de tirada a ligar Saint-Gaudens e Saint-Lary Pla d´Adet, com três contagens de montanha de primeira categoria, e uma de categoria especial, coincidente com a meta.

Fonte: Abola

domingo, 20 de Julho de 2014

Rúben Guerreiro vence Volta a Portugal do Futuro.



Escrito por: admin

O jovem corredor Rúben Guerreiro venceu este domingo a 22ª edição da Volta a Portugal do Futuro.

Guerreiro, partiu para a última tirada com a liderança, precisando de apenas chegar integrado no pelotão para garantir assim o triunfo.

«Chegar a este pódio e ver tanta gente a aplaudir-nos foi maravilhoso e muito gratificante», regozijou-se Ruben Guerreiro.

A tirada de hoje teve como vencedor, o corredor basco Peio Gikoetxea (Café Baque-Conserva Campos).


Fonte: Abola

Alexander Kristoff vence na Volta a França.


Escrito por: admin

Num dia sem grandes dificuldades montanhosas na Volta a França, a vitória foi decidida ao sprint, com Alexander Kristoff (Katusha) foi o mais rápido, somando assim a segunda vitória na prova.

Jack Bauer (Garmin) e Martin Elmiger (IAM) andaram na frente da corrida parte dos 222 quilómetros, sendo alcançados bem perto da meta.

Vincenzo Nibali (Astana) chegou no pelotão, mantendo assim a liderança e os tempos para os mais diretos adversários. Nélson Oliveira e Rui Costa  (ambos da Lampre-Merida) chegaram no pelotão também, com José Mendes e Tiago Machado (ambos NetApp) chegaram a 18 segundos. Sérgio Paulinho (Tinkoff), terminou a 12.20.

Amanhã o pelotão terá dia de folga, para se prepararem assim para terça-feira, entrada nos Pirenéus.

Classificação da etapa:
1. Alexander Kristoff (NOR/KAT) 4h56:43 (média: 44,9 km/h)
2. Heinrich Haussler (AUS/IAM) mt
3. Peter Sagan (SVK/CAN) mt
4. André Greipel (ALE/LTB) mt
5. Mark Renshaw (AUS/OPQ) mt
6. Bryan Coquard (FRA/EUC) mt
7. Ramunas Navardauskas (LTU/GRM) mt
8. Romain Feillu (FRA/BSE) mt
9. Michael Albasini (SUI/ORI) mt
10. Jack Bauer (NZL/GRM) mt
(...)
18.º Nélson Oliveira (POR/LAM) mt
25.º Rui Costa (POR/LAM) mt
77.º José Mendes (POR/TNE), a 18 s
78.º Tiago Machado (POR/TNE), a 18 s
159.º Sérgio Paulinho (POR/TCS), a 12,20 m

Classificação geral:
1. Vincenzo Nibali (ITA/AST) 66h49:37
2. Alejandro Valverde (ESP/MOV) a 4,37 m
3. Romain Bardet (FRA/ALM) a 4,50 m
4. Thibaut Pinot (FRA/FDJ) a 5,06 m
5. Tejay Van Garderen (EUA/BMC) a 5,49 m
6. Jean-Christophe Péraud (FRA/ALM) a 6,08 m
7. Bauke Mollema (HOL/BKN) a 8,33 m
8. Leopold König (RCH/APP) a 9,32 m
9. Laurens ten Dam (HOL/BKN) a 10,01 m
10. Pierre Rolland (FRA/EUC) a 10,48 m
(...)
13.º Rui Costa (POR/LAM) a 12,57 m
75.º Tiago Machado (POR/TNE), a 2.10,29 h
98.º Sérgio Paulinho (POR/TCS), a 2.30,31 h
108.º Nélson Oliveira (POR/LAM), a 2.34,01 h
133.º José Mendes (POR/TNE), a 2.59,35

Fonte: Abola

sábado, 19 de Julho de 2014

Rúben Guerreiro novo líder da Volta a Portugal do Futuro.



Escrito por: admin

O corredor Rúben Guerreiro (Liberty Seguros/Feira), venceu a terceira tirada da Volta a Portugal do Futuro, num final na serra do Larouco, Montalegre, assumindo assim a liderança da prova.

Uma tirada bem complicada, com ligção entre Castelo de Paiva e o alto da serra do Larouco, denunciava bastantes dificuldades para os corredores. No entanto as más condições climatéricas tornaram tudo ainda mais difícil.

Na subida final, Rúben Guerreiro e Joaquim Silva tomaram a dianteira, discutindo a vitória na tirada entre si. Rúben Guerreiro venceu, deixando Joaquim Silva no segundo posto, a 6 segundos. O terceiro foi Alexey Rybalkin (Lokosphinx), a 33 segundos.

Na geral, Guerreiro subiu à liderança, a 6 segundos de Joaquim Silva e a 34 de Oscar Gonzalez.

A última tirada da Volta a Portugal no Futuro disputa-se este domingo, com partida em Montalegre e chegada à Maia, depois de 157,5 quilómetros.

Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

Rafal Majka vence 14ª tirada do Tour.




Escrito por: admin

O corredor polaco Rafal Majka (Tinkoff), venceu a 14ª tirada da Volta a França, na despedida dos Alpes, após 177 quilómetros de tirada.

O pódio ficou completo com Vincenzo Nibali (Astana), a ser segundo a 24 segundos, e Jean Christophe Peroud (AG2R), no terceiro posto a 26.

Na geral, Nibali ganhou tempo a Alejandro Valverde (Movistar), segundo na geral, que está agora a 4.37 minutos, e Romain Bardet (AG2R), é terceiro, a 4.50.

Rui Costa (Lampre-Merida), chegou no 24º posto, a 4.46 minutos de Majka. Costa desceu assim para o 13º posto, a 12.57 de Nibali.

Quanto aos restantes portugueses, Sérgio Paulinho (Tinkoff) terminou no 69º posto, José Mendes e Tiago Machado (ambos NetApp), terminaram no 88º e 104º postos. Nelson Oliveira (Lampre), terminou no 117º.

sexta-feira, 18 de Julho de 2014

Vincenzo Nibali reforça liderança, Rui Costa sobe ao top-10 do Tour.


Escrito por: admin

O corredor italiano, Vicenzo Nibali (Astana) voltou a vencer na Volta a França, atacando na última subida do dia, deixando a concorrência a 10 segundos. O segundo na tirada foi Rafal Majka (Tinkoff), a 10 segundos, com Leopold Konig (NetApp), a surgir no terceiro posto, a 11 segundos.

Riche Porte (Sky), segundo na geral à partida, passou por um dia muito mau, e perdeu mais de 10 minutos para Nibali.

Com isto, Nibali acabou por reforçar a liderança, com o segundo a ser agora Alejandro Valverde (Movistar), a 3,37 minutos, com Romain Bardet (AG2R), a ser terceiro a 4,24.

A difícil tirada de hoje marcou ainda o regresso de Rui Costa ao top-10, após passar a linha de meta no 15º posto, Rui Costa subiu para 9º, a 8,35 minutos de Nibali.

Para amanhã, sábado, o pelotão terá mais dificuldades pela frente, com 177 quilómetros entre Grenoble e Risoul, contemplando uma contagem de montanha especial e duas de primeira categoria.

Fonte: Abola

quinta-feira, 17 de Julho de 2014

Volta a França: Finalmente é a de Kristoff.


 http://www.lejdc.fr/photoSRC/V19TJ1pfVDgIBhVOGwYSHgYNQDUVGFdfVV9FWkM-/le-norvegien-alexander-kristoff-katusha-vainqueur-de-la-12e-_1678447.jpeg


Escrito por: admin

O corredor norueguês Alexander Kristoff (Katusha) venceu a tirada de hoje, no final dos 185,5 quilómetros de tirada, com ligação entre Bourg-en-Bresse e Saint-Etienne.

O segundo na tirada foi Peter Sagan (Cannondale), e o terceiro foi Arnaud Demare (FDJ).

O líder da prova, Vincenzo Nibali (Astana) chegou integrado no pelotão, mantendo assim a vantagem que detinha para os seus principais rivais, Richie Porte (Sky), e Alejandro Valverde (Movistar).

Rui Costa (Lampre-Merida), apesar da bronquite aguda, chegou integrado no primeiro grupo, no 48º posto. Na geral, Costa subiu ao 13º posto, a 5,34 de Nibali.

Mais atrasados chegaram Sérgio Paulinho (Tinkoff), José Mendes e Tiago Machado (NetApp), e Nelson Oliveira (Lampre-Merida). Nelson Oliveira devido a uma queda que aparentemente não trouxe problemas graves ao corredor.

Amanhã chegam mais dificuldades, com 197,5 quilómetros com ligação entre Saint-Étienne e Chamrousse, com final coincidente numa contagem de montanha de categoria especial.
 
Fonte: Abola

quarta-feira, 16 de Julho de 2014

Tony Gallopin vence tirada, Rui Costa perde tempo no Tour.


 http://i.telegraph.co.uk/multimedia/archive/02976/Tony_Gallopin_2976966b.jpg


Escrito por: admin

Após o dia de descanso, o pelotão regressa á estrada para 187,5 quilómetros de tirada, com ligação entre Besançon e Oyonnax. Tony Gallopin (Lotto-Belisol) foi o vencedor do dia, ao passar a linha de meta seguido de perto por um grupo de 34 corredores.

Vincenzo Nibali (Astana) chegou integrado no primeiro grupo, mantendo assim a liderança na geral, com 2,23 minutos para Richie Porte (Sky), e 2,47 para Alejandro Valverde (Movistar), segundo e terceiro da geral.

Rui Costa, acabou por perder tempo no dia de hoje, passando a linha de meta no 48º posto a 1,36 minutos do vencedor. O corredor perdeu o contacto com o grupo da frente na última contagem de montanha.

O campeão Mundial cai assim para o 14º posto, a 5,34 minutos de Nibali.

Sérgio Paulinho (Tinkoff) chegou no mesmo grupo de Rui Costa, com Nelson Oliveira (Lampre-Merida), José Mendes e Tiago Machado (NetApp), a passarem a linha de meta a 18.25 minutos.
 
Fonte: abola

segunda-feira, 14 de Julho de 2014

Vincenzo Nibali vence 10.ª etapa do Tour e fica de amarelo.




Num dia que fica marcado pela queda e poucos quilómetros depois a desistência de mais um dos favoritos à vitória do Tour, Alberto Contador (Tinkoff-Saxo), já antes havia caído Tiago Machado (NettApp) mas o português ainda conseguiu voltar à estrada.

Num dia marcado pela chegada da montanha em força ao Tour, o pelotão foi-se partindo em grupos, o principal onde estavam nomes como Rui Costa (Lampre-Merida), Nibali (Astana) ou Richie Porte (Sky) o ciclista italiano da Astana atacou forte, desmembrando o grupo e seguiu a solo até à vitória na etapa. Thibaut Pinot (FDJ.FR) passou a linha de meta em segundo e Alejandro Valverde (Movistar) em terceiro a 15 e 20 segundos respetivamente do vencedor da etapa.

Quanto aos portugueses, Rui Costa foi 13.º a 1.06 segundos, Nelson Oliveira foi 64.º a 16.07 segundos, José Mendes 133.º a 30.27 segundos, Sérgio Paulinho 138.º a 30.45 segundos e Tiago Machado 180.º a 43.06 segundos.

Na classificação geral, Nibali recupera a camisola amarela e tem Richie Porte 2.23 segundos e Alejandro Valverde a 2.47 segundos. Rui Costa é 9.º a 3.58 segundos, Tiago Machado 47.º a 44.12 segundos, Nelson Oliveira 73.º 1:01,46 segundos, Sérgio Paulinho 125.º a 1:25,07 segundos e José Mendes 148.º a 1:41,15 segundos

domingo, 13 de Julho de 2014

Ricardo Ferreira 19º no Europeu de estrada.


Escrito por: admin

Ricardo Ferreira foi este domingo o melhor português no Campeonato da Europa de estrada de sub-23, terminando no 19º posto com o mesmo tempo do Campeão Europeu, Stefan Kung. Iuri Filosi foi segundo e Anthony Turgis é terceiro.

Quanto aos restantes portugueses em prova, Rafael Reis foi 40º, a 32 segundos e Rúben Guerreiro ficou em 48º, com mais 57 segundos.


Fonte: Record

Delio Fernandez vence Troféu Joaquim Agostinho.



Escrito por: admin

O corredor espanhol Delio Fernandez (OFM-Quinta da Lixa), venceu este domingo, o Troféu Joaquim Agostinho, após a vitória na tirada de Karel Hnik (Ettix).

O jovem corredor chegou isolado à meta, após 164,5 quilómetros de tirada, com ligação entre São Martinho do Porto e o Parque Eólico da Carvoeira.

Delio Fernandez defendeu-se bem dos ataques de Victor de La Parte, segurando assim a vitória final.

Classificação da etapa:
1.º Karel Hnik (Ettix), 4h04m24s (Média: 40,262 km/h)
2.º Jordi Simon (Team Ecuador), a 5s
3.º César Fonte (Rádio Popular), mt
4.º Edgar Pinto (LA Alumínios-antarte), mt
5.º Delio Fernandez (OFM-Quinta da Lixa), mt
6.º Higinio Fernandez (Team Ecuador), mt
7.º Frederico Figueiredo (Rádio Popular), mt
8.º Kirill Sveshnikov (Lokosphinx), a 11s
9.º Thomas Lebas (Bridgestone Anchor), mt
10.º Hernâni Broco (Louletano-Dunas Douradas), mt

Classificação geral:
1.º Delio Fernandez (OFM-Quinta da Lixa), 12h17m06s
2.º Victor de La Parte (Efapel-Glassdrive), a 10s
3.º Edgar Pinto (LA Alumínios-Antarte), a 13s
4.º Karel Hnik (Ettix), a 38s
5.º César Fonte (Rádio Popular), a 40s
6.º kirill Sveshnikov (Lokosphinx), a 48s
7.º Hernâni Broco (Louletano-Dunas Douradas), a 51s
8.º Sérgio Sousa (Efapel-Glassdrive), a 53s
9.º Frederico Figueiredo (Rádio Popular), a 59s
10.º Higinio Fernandez (Team Ecuador), a 1m04s

Fonte: Abola

Tiago Machado sobe ao 3º posto na Volta a França.



Escrito por: admin

O corredor português Tiago Machado (NetApp), este domingo, ao terceiro posto da geral da Volta a França, após terminar a tirada de hoje no 10º posto.

Machado deu um salto enorme na geral, terminando a tirada num grupo que perseguia Tony Martin (Omega Pharma-QuickStep), que venceu isolado, com 2,45 minutos de vantagem.

Vincenzo Nibali (Astana) perdeu a liderança, que agora pertence a Tony Gallopin (Lotto-Belisol). Rui Costa caiu do 8º posto, para o 11º, a 4.26 minutos de Gallopin.

A tirada de amanhã será a primeira com chegada em alta montanha, com quatro contagens de primeira categoria, além de duas de segunda e uma de terceira. No total serão 161,5 quilómetros de extensão, com ligação entre Mulhouse e La Planche des Belles Filles.

Assim ficou a classificação Lusa na etapa:
10 Tiago Machado +2:45
15 Sérgio Paulinho +2:45
41 Nelson Olivieira  +7:46
43 Rui Costa +7:46
101 José Mendes +7:46

Os portugueses na geral:
3 Tiago Machado +2:40
11 Rui Costa +4:26
85 Nelson Oliveira +47:13
113  Sérgio Paulinho +55:30
148 José Mendes +1:12:22

Fonte: Abola

sábado, 12 de Julho de 2014

Daniela Reis 34ª na prova de fundo do Europeu.




Escrito por: admin

A corredora portuguesa Daniela Reis foi 34ª na prova de fundo de sub-23 dos Europeus de ciclismo, após os 129,6 quilómetros de tirada, com o mesmo do grupo perseguidor das três primeiras. A nova campeã europeia de fundo é Sabrina Stultiens.

A segunda classificada foi Elena Cecchini e em terceiro ficou Annabelle Dreville, com o mesmo tempo da vencedora.

Nos juniores masculinos, André Carvalho e Rui Oliveira ficaram no 35º e 39º postos, ambos a 9 segundos do vencedor, Edoardo Affini. Os outros portugueses em prova foram Tiago Antunes no 58º posto, a 37 segundos, e João Pereira no 60º, a 39 segundos. Ivo Oliveira e Venceslau Fernandes terminaram no 76º e 79º postos, mas fora do controlo.


Fonte: Abola

Delio Fernandez reforça liderança do Troféu Joaquim Agostinho.



Escrito por: admin

O corredor russo Kirill Sveshnikov (Lokosphinx), venceu ao sprint a segunda tirada do Troféu Joaquim Agostinho, que fez ligação entre Atouguia da Baleia e Torres Vedras, com 147,5 quilómetros de extensão.

Sobre a meta, Sveshnikov deixou para segundo Delio Fernandez (OFM-Quinta da Lixa) e para terceiro Victor de La Parte (Efapel-Glassdrive).

Graças às bonificações, Delio Fernandez aumentou para cinco segundos a sua vantagem na geral para La Parte. Edgar Pinto é o terceiro, a 12 segundos de Fernandez.

A geral fica para se decidir na derradeira etapa, que fará ligação entre São Martinho do Porto e o Parque Eólico da Carvoeira com 164 quilómetros de extensão. A meta é coincidente com uma contagem de montanha de segunda categoria.

Fonte: Abola

Blel Kadri vence, Rui Costa sobe a oitavo posto no Tour.




Escrito por: admin

O corredor francês Blel Kadri (AG2R), venceu a oitava tirada da Volta a França, chegando isolado à meta, após 161 quilómetros de tirada com ligação entre Tomblaine e Gérardmer La Mauselaine.

A pouco mais de dois minutos chegaram Alberto Contador (Tinkoff) e Vincenzo Nibali (Astana), separados por três segundos.

Rui Costa terminou a tirada no 12º posto, a 3,01 de Kadri, subindo ao oitavo posto da geral, a 2,52 de Nibali.

A tirada deste domingo fará ligação entre Gérardmer e Mulhouse, com 170 quilómetros de extensão. Os corredores terão ainda de cumprir a passagem por três montanhas de 3ª categoria, duas de 2ª e uma de primeira.

Assim ficou a classificação Lusa na etapa:
12 Rui Costa +3:01
34 Tiago Machado +4:29
77 Nelson Olivieira 9 +16:22
79 Sérgio Paulinho +16:22
103 José Mendes +17:51

Os portugueses na geral:
8 Rui Costa+2:52
20 Tiago Machado +6:08
94 Nelson Oliveira +45:39
137  Sérgio Paulinho +59:23
172 José Mendes +1:10:48

Fonte: Abola