quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Pedro Paulinho venceu o Circuito de S. Bernardo.


Escrito por: admin

O corredor da LA-Antarte, Pedro Paulinho venceu Circuito de S. Bernardo, reforçando assim a liderança da Taça Nacional de Circuitos.

A prova foi sempre muito atacada, com a Rádio Popular a ser uma das grandes animadoras, ao ter homens em praticamente todas as fugas.

Paulinho venceu ao sprint, deixando para segundo Bruno Sancho (Banco BIC-Carmim), e para terceiro Rafael Silva (Efapel-Glassdrive).

Nos sub-23, David Ribeiro (Liberty Seguros/Feira/KTM) foi o melhor, seguindo-se César Martingil (CC José Maria Nicolau).

Classificação do Circuito de S. Bernardo
1.º Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte), 1h48m14s
2.º Bruno Sancho (Banco BIC-Carmim), a 1s
3.º Rafael Silva (Efapel-Glassdrive), mt
4.º Hélder Oliveira (OFM-Quinta da Lixa), a 2s
5.º Micael Isidoro (Louletano-Dunas Douradas), mt
6.º Victor Valinho (Louletano-Dunas Douradas),mt
7.º David Ribeiro (Liberty Seguros/Feira/KTM), mt
8.º César Martingil (CC José Maria Nicolau), mt
9.º Mário Costa (OFM-Quinta da Lixa), mt
10.º Gaspar Gonçalves (Anicolor), mt 


Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

Robin Carpenter vence segunda tirada da Volta ao Colorado.


Escrito por: admin

O corredor norte-americano Robin Carpenter (Hincapie Sportwear) venceu a segunda tirada da Volta ao Colorado, nos Estados Unidos, onde Bruno Pires (Tinkoff-Saxo), foi 18º.

Tiago Machado chegou no 48º posto, a 2.17 minutos de Carpenter.

Alex Howes (Garmin), foi segundo na chegada ao alto de Creted Butte, e assumiu assim a liderança da prova, com 11 segundos de vantagem para Bem Hermans (BMC).

Bruno Pires é 17º, a 1.22 de Howes, enquanto que Tiago Machado é 29º, 2.22. José Mendes é o 92º, a 17.58 minutos.

Fonte: Abola

terça-feira, 19 de Agosto de 2014

Ivan Basso ruma à Tinkoff-Saxo.


Escrito por: admin

O corredor italiano Ivan Basso vai rumar à formação de Oleg Tinkov, Tinkoff-Saxo, onde correm também os portugueses Sérgio Paulinho e Bruno Pires. Basso assinou um contrato válido por duas temporadas.

“Sempre gostei de Ivan Basso. Estou feliz por tê-lo na nossa equipa, é uma peça importante”, revelou Oleg Tinkov, proprietário da formação onde corre também o espanhol Alberto Contador.

Basso de 36 anos, mostrou-se “impressionado” com o projeto de Tinkov.

“É a melhor equipa do mundo, estou orgulhoso por fazer parte dela”, revelou.

Recorde-se que Basso tem várias conquistas de relevo no seu palmarés, como a vitória da camisola da juventude no Tour de 2002, segundo posto à geral no Tour de 2005, e vencedor de dois Giros (em 2006 e 2010).

Fonte: Abola

segunda-feira, 18 de Agosto de 2014

César Fonte vence Circuito de Nafarros.


Escrito por: admin

O corredor vencedor da Taça de Portugal de ciclismo, César Fonte (Rádio Popular), venceu hoje o Circuito de Nafarros, a terceira prova pontuável para a Taça Nacional de Circuitos.

A prova mostrou-se mais uma vez bem selectiva, com o pelotão a partir-se em vários grupos, com Fonte a ser mais rápido do grupo composto por quatro elementos. O segundo foi Hélder Oliveira (OFM-Quinta da Lixa) e o terceiro Bruno Silva (Efapel-Glassdrive), com o mesmo tempo do vencedor.

Samuel Magalhães (Liberty Seguros/Feira/KTM), foi o melhor sub-23 na prova, no 13º posto absoluto, deixando para segundo Zulmiro Magalhães, seu colega de equipa e Gaspar Gonçalves (Anicolor).

Além da vitória na prova de César Fonte, a Rádio Popular subiu ao pódio como vencedora da classificação coletiva do Circuito de Nafarros, aproximando-se assim da LA-Antarte na geral das equipas.

Esta quarta-feira realiza-se em Alcobaça, o Circuito de S. Bernardo, quarta prova pontuável para a Taça Nacional de Circuitos. A prova terá 75 quilómetros de extensão.

Classificação do Circuito de Nafarros
1.º César Fonte (Rádio Popular), 1h51m05s
2.º Hélder Oliveira (OFM-Quinta da Lixa),mt
3.º Bruno Silva (Efapel-Glassdrive), mt
4.º Valter Pereira (Banco BIC-Carmim), mt
5.º Raul Alarcón (Louletano-Dunas Douradas), a 8s
6.º Mário Costa (OFM-Quinta da Lixa), a 12s
7.º Victor Valinho (Louletano-Dunas Douradas), a 16s
8.º Alberto Gallego (Rádio Popular), a 29s
9.º Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte), mt
10.º Rafael Silva (Efapel-Glassdrive), mt 


Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

domingo, 17 de Agosto de 2014

Manuel Cardoso vence Circuito da Malveira.


Escrito por: admin

O corredor português Manuel Cardoso (Banco BIC-Carmim), venceu o Circuito da Malveira, segunda prova da Taça Nacional de Circuitos, que continua a ser comandado por Pedro Paulinho.

Tal como na prova anterior, a chegada foi ao sprint com Manuel Cardoso a deixar para segundo Pedro Paulinho (LA-Antarte)e para terceiro Vicente de Mateos (Louletano-Dunas Douradas).

O melhor sub-23 foi Luis Gomes (Maia-Bicicletas Andrade), no 15º posto na prova. Seguiram-se Hugo Vaz (Anicolor), e o terceiro foi César Martingil (CC José Maria Nicolau).

A terceira prova pontuável disputa-se esta segunda-feira, dia 18 de agosto. Os corredores vão fazer 80 quilómetros, resultantes e oito voltas a um circuito.

Classificação do Circuito da Malveira
1.º Manuel Cardoso (Banco BIC-Carmim), 1h14m04s
2.º Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte), mt
3.º Vicente García de Mateos (Louletano-Dunas Douradas), mt
4.º Rafael Silva (Efapel-Glassdrive), mt
5.º Bruno Sancho (Banco BIC-Carmim), mt
6.º Daniel Freitas (LA Alumínios-Antarte), mt
7.º Hélder Oliveira (OFM-Quinta da Lixa), mt
8.º Micael Isidoro (Louletano-Dunas Douradas), mt
9.º César Fonte (Rádio Popular), mt
10.º Hélder Ferreira (Efapel-Glassdrive), mt 


Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

sábado, 16 de Agosto de 2014

Pedro Paulinho vence Circuito de Curia.


Escrito por: admin

Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte) é o primeiro líder da Taça Nacional de Circuitos, após vencer hoje, o Circuito da Curia, a primeira das sete provas pontuáveis.

A prova teve 115,9 quilómetros de extensão, e terminou com um sprint entre Paulinho e Bruno Sancho (Banco BIC-Carmim). O terceiro foi Vicente García de Mateos (Louletano-Dunas Douradas).

O melhor sub-23 na prova foi César Martingil (CC José Maria Nicolau), que, terminou no quarto posto. O segundo melhor sub-23 é Zulmiro Magalhães (Liberty Seguros/Feira/KTM) e o terceiro Joaquim Silva (Anicolor).

Por equipas a vitória foi para a LA-Antarte, enquanto que nas equipas de clube foi para o Clube de Ciclismo José Maria Nicolau.

Amanhã disputa-se mais uma prova pontuável, o 73º Circuito da Malveira, prova com 55 quilómetros de extensão.

Classificação do Circuito da Curia
1.º Pedro Paulinho (LA Alumínios-Antarte), 2h10m32s
2.º Bruno Sancho (Banco BIC-Carmim), mt
3.º Vicente García de Mateos (Louletano-Dunas Douradas), mt
4.º César Martingil (CC José Maria Nicolau), mt
5.º Hélder Oliveira (OFM-Quinta da Lixa), mt
6.º Nuno Ribeiro (OFM-Quinta da Lixa), mt
7.º André Mourato (LA Alumínios-Antarte), mt
8.º Frederico Figueiredo (Rádio Popular), mt
9.º Mário Costa (OFM-Quinta da Lixa), mt
10.º Nuno Meireles (UC Maia/Bicicletas Andrade) mt


Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

sexta-feira, 15 de Agosto de 2014

Daniel Silva vence GP de Mortágua.


Escrito por: admin

O corredor da Rádio Popular, Daniel Silva venceu hoje o GP de Mortágua, prova com 107 quilómetros de extensão, com partida e chegada naquela localidade.

O regresso ao pelotão depois de disputada da Volta a Portugal fez-se num corrida selectiva, com o percurso a ser marcado por um constate sobe e desce. Foi num pequeno grupo que se decidiu a corrida, com Daniel Silva a deixar para segundo Bruno Sancho (Banco BIC-Carmim), e para terceiro Rafael Silva (Efapel-Glassdrive).

O melhor sub-23 em prova foi Joaquim Silva (Anicolor), nono na prova. David Ribeiro (Liberty Seguros/Feira/KTM) foi o melhor sub-23 de primeiro ano. A Rádio Popular foi a vencedora por equipas, e a Liberty Seguros/Feira/KTM foi a melhor equipa de clube.

Hélder Oliveira (OFM-Quinta da Lixa) foi o rei da montanha e Sérgio Sousa (Efapel-Glassdrive) o vencedor das metas volantes.

O pelotão regressa este sábado á estrada, com o Circuito da Curia, a primeira das sete provas a contar para a Taça Nacional de Circuitos.

Classificação
Mortágua - Mortágua
1.º Daniel Silva (Rádio Popular), 2h46m02s
2.º Bruno Sancho (Banco BIC-Carmim), mt
3.º Rafael Silva (Efapel-Glassdrive), mt
4.º Daniel Freitas (LA Alumínios-Antarte), a 2s
5.º Micael Isidoro (Louletano-Dunas Douradas), mt
6.º Hernâni Broco (Louletano-Dunas Douradas), mt
7.º Frederico Figueiredo (Rádio Popular), mt
8.º Ricardo Vilela (OFM-Quinta da Lixa), mt
9.º Joaquim Silva (Anicolor), mt
10.º Rúben Guerreiro (Liberty Seguros/Feira/KTM), mt 


Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

quinta-feira, 14 de Agosto de 2014

Alberto Contador vai participar na Volta a Espanha.


Escrito por: admin

O corredor espanhol Alberto Contador (Saxo-Tinkoff), vai participar na Volta a Espanha. Contador anunciou no seu twitter que estará na prova, que se inicia no dia 23, aparentemente recuperado da fratura na tíbia que sofreu no início da Volta a França, a 14 de julho.

Contador explica que tem feito treinos na bicicleta nos últimos dias e sabe que terá de entrar na prova com uma mentalidade diferente: “Sei que é uma prova que vou ter de encarar de maneira diferente da que tinha pensado no início da temporada, mas acho que me posso sair bem.”

O espanhol terá como rivais na prova o também acidentado no Tour, Chris Froome (Sky), Nairo Quintana (Movistar), Rigoberto Uran (Omega Pharma-QuickStep), Fabio Aru (Astana), Thibaut Pinot (FDJ), Alejandro Valverde (Movistar) e ainda Haimar Zubeldia (Trek).

Fonte: Record

domingo, 10 de Agosto de 2014

Volta a Portugal: Manuel Cardoso vence na festa de Gustavo Veloso.


Escrito por: admin

O corredor português Manuel Cardoso (Banco BIC/Carmim), venceu a ultima tirada da Volta a Portugal, com ligação entre Burinhosa e Lisboa, com 167,1 quilómetros de extensão.

Cardoso deixou para segundo Davide Vigano (Caja Rural) e para terceiro Sergey Shilov (Lokosphinx), todos com o mesmo tempo do vencedor.

Com isto, Gustavo Veloso (OFM-Quinta da Lixa) venceu a prova, com Rui Sousa (Rádio Popular), no segundo posto a 2:01 minutos, e Delio Fernandez (OFM-Quinta da Lixa), no terceiro posto a 2:54.

sábado, 9 de Agosto de 2014

Gustavo Veloso a uma etapa da vitória na Volta a Portugal.




Escrito por: admin

O corredor espanhol Gustavo Veloso (OFM-Quinta da Lixa), venceu o contrarrelógio do dia de hoje da Volta a Portugal, que ligou Oleiros a Sertã, com 28,9 quilómetros de extensão.

Veloso deixou para segundo Victor de La Parte (Efapel-Glassdrive), a 54 segundos e para terceiro Stefan Schumacher (Christina Watches), a 1.18.


Na geral Veloso reforçou a liderança, com Rui Sousa a manter o seu segundo posto a 2m01s, e Delio Fernandez (OFM-Quinta da Lixa), a subir ao terceiro a 2m54s.

Ivo Oliveira campeão Mundial de perseguição.

Foto de Mariana Gonçalves

Escrito por: admin

Ivo Oliveira sagrou-se hoje, na Coreia do Sul, campeão Mundial de perseguição individual na categoria de juniores, juntando assim este título ao de campeão europeu. Rui Oliveira, irmão gémeo de Ivo, conseguiu uma medalha de bronze no scratch.

Ivo Oliveira na final bateu-se com o neozelandês Regan Gough, gastou menos 3”362 que o seu adversário para cumprir a prova. “Foi uma performance incrível do Ivo, que fez uma corrida irrepreensível, só não liderando numa das voltas, a meio da prova. Este tempo, transposto para a pista de Anadia, bateria o registo do Ivo em Anadia, porque a pista coreana é, em média, dois segundos e meio a três segundos mais lenta do que a pista portuguesa”, explica o selecionador nacional, Gabriel Mendes.

“O Rui esteve muito bem colocado ao longo de toda a prova. Nas últimas quatro voltas manteve-se sempre entre os seis primeiros lugares. Perdeu a medalha de ouro mesmo em cima da linha”, conta Gabriel Mendes. 


Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo

sexta-feira, 8 de Agosto de 2014

Sergey Shilov vence 8ª tirada da Volta a Portugal.


Escrito por: admin

O corredor russo Sergey Shilov (Lokosphinx), venceu a 8ª tirada da Volta a Portugal, com ligação entre Sabugal e Castelo Branco, com 194 quilómetros de extensão.

Shilov foi o mais forte nos metros finais, deixando para segundo Samuel Caldeira (OFM-Quinta da Lixa), e para terceiro Manuel Cardoso (Banco BIC-Carmim), ambos com o mesmo tempo.


Na geral tudo na mesma, visto que os candidatos à vitória final chegaram juntos no pelotão, com a exceção de Edgar Pinto (LA-Antarte), que ficou para trás já dentro dos 3 quilómetros finais devido a falha mecânica, mas ficará com o mesmo tempo do vencedor.

Peter Sagan assina pela Tinkoff.


Escrito por: admin

Aquele que é um dos corredores mais talentosos e mais promissores do pelotão internacional, Peter Sagan, de apenas 24 anos, assinou por três anos pela Tinkoff, formação de Alberto Contador e dos portugueses Sérgio Paulinho e Bruno Pires.

«É um contrato de longa duração», anunciou o diretor desportivo Bjarne Riis, que acrescentou: «Peter é um dos maiores talentos do ciclismo e é já um dos seus grandes nomes. Ainda tem muito a aprender no que toca aos aspetos táticos».

Sagan começou a sua carreira de profissional em 2010, ao serviço da Cannondale, onde se mantem até ao final desta temporada.

Fonte: Abola

quinta-feira, 7 de Agosto de 2014

Rui Sousa vence a etapa rainha da “Grandissima”.



Escrito por: Admin

Rui Sousa (Radio Popular-Onda) venceu a 7ª etapa da Volta a Portugal.

O ciclista natural de Barroselas atacou na parte final da etapa vencendo isolado na mítica etapa da Torre.

Joni Brandão (Efapel-Glassdrive) foi segundo e Edgar Pinto (LA-Antarte) terceiro a 39 segundos do vencedor da etapa. O camisola amarela, Gustavo Veloso passou a linha de meta no quarto lugar como o mesmo tempo do segundo e terceiro. O top 5 ficou fechado com a passagem de Sandro Pinto (Louletano-Dunas Douradas) que necessitou de mais 47 segundos do que Rui Sousa para concluir a etapa.

Quanto à geral houve muitas alterações, desde logo com a queda de muitos lugares de Luís Leon Sanchéz (Caja Rural).

O dia ficou também marcado pela desistência de Phil Bauhaus (Stolting) que ontem venceu a etapa.

Classificação da etapa.
1. Rui Sousa, Por (Rádio Popular-Onda), 5.06,39 horas (média: 33,752 km/hora)
2. Joni Brandão, Por (Efapel-Glassdrive), a 39 segundos
3. Edgar Pinto, Por (LA-Antarte), m.t.
4. Gustavo Veloso, Esp (OFM-Quinta da Lixa), mt.
5. Sandro Pinto, Por (Louletano-Dunas Douradas), a 47 s
6. Vergílio Santos, Por (Rádio Popular-Onda), a 51 s
7. Delio Fernandéz, Esp (OFM-Quinta da Lixa), a 1,03 minutos
8. Ricardo Vilela, Por (OFM-Quinta da Lixa), a 2,01 m
9. Ricardo Mestre, Por (Efapel-Glassdrive), a 2,17 m
10. Victor de la Parte, Esp (Efapel-Glassdrive), m.t.

Classificação Geral.
1. Gustavo Veloso, Esp (OFM-Quinta da Lixa), 33.08,18 horas
2. Rui Sousa, Por (Rádio Popular-Onda), a 28 segundos
3. Edgar Pinto, Por (LA-Antarte), a 30 s
4. Joni Brandão, Por (Efapel-Glassdrive), a 43 s
5. Delio Fernandéz, Esp (OFM-Quinta da Lixa), a 1,03 minutos
6. Ricardo Mestre, Por (Efapel-Glassdrive), a 2,19 m
7. Sandro Pinto, Por (Louletano-Dunas Douradas), a 2,43 m
8. Ricardo Vilela, Por (OFM-Quinta da Lixa), a 2,54 m
9. Vergílio Santos, Por (Rádio Popular-Onda), a 3,44 m
10. Victor de la Parte, Esp (Efapel-Glassdrive), a 4,36 m
Fonte: Abola

terça-feira, 5 de Agosto de 2014

Phil Bauhaus volta a vencer na "Grandíssima".


Escrito por: admin

O corredor alemão Phil Bauhaus (Stolting), venceu novamente na Volta a Portugal em bicicleta, após 155 quilómetros a fazer ligação entre Oliveira do Bairro e Viseu.

Bauhaus deixou para segundo Davide Vigano (Caja Rural), e para terceiro Vicente de Mateos (Louletano-Dunas Douradas), com o mesmo tempo do vencedor.

A geral mantêm-se intacta, visto que os favoritos chegaram no pelotão principal.


O pelotão amanhã terá o primeiro e único dia de descanso, que antecederá a subida à Torre, em Seia.

Bauke Mollema na Trek por duas temporadas.


Escrito por: admin

O corredor holandês Bauke Mollema, que terminou nos dez melhores nas duas últimas edições da Volta a França, vai mudar-se para a Trek, onde ficará nos próximos dois anos, anunciou esta terça-feira a formação norte-americana, onde corre o português Fábio Silvestre.

"Bauke já mostrou as suas qualidades nas corridas por etapas, tanto nas de uma semana como nas grandes voltas. Mas ele tem também potencial nas clássicas, o seu segundo lugar na Clássica de San Sebastian (no sábado) prova-o", considerou o "manager" da Trek, Luca Guarcilena.

O vencedor da Volta  França do Futuro de 2007, com 27 anos, conta no seu palmarés com resultados como, um quarto posto na Vuelta de 2011, um sexto posto no Tour de 2013, um segundo posto na Volta à Suíça (atrás de Rui Costa) em 2013.

Com isto, somam-se as dificuldades para a formação, visto que em 2014 não terão o patrocínio Belkin, e perde assim mais um corredor de topo.


Fonte: Record

segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

David Belda vence na chegada a Santo Tirso.


Escrito por: admin

O corredor espanhol David Belda (Burgos-BH), venceu pela segunda vez na Volta a Portugal, desta vez no alto da Nossa Senhora da Assunção, após 161,3 quilómetros de etapa.

Belda arrancou na roda de José Gonçalves (Seleção Nacional), e aproveitou o trabalho do português para assegurar a vitória na etapa.

No segundo posto ficou Delio Fernandez (OFM-Quinta da Lixa), e no terceiro o camisola amarela Gustavo Veloso, também da OFM, ambos a 2 segundos.

Na geral, Veloso mantêm a liderança, com Luis Leon Sanchez (Caja Rural), a subir ao segundo posto, a 29 segundos. Edgar Pinto (LA-Antarte) é o terceiro a 30 segundos.


A tirada é a última antes do dia de descanso e fará ligação entre Oliveira do Bairro e Viseu, com 155 quilómetros de extensão. A maior dificuldade da etapa está no prémio de montanha de segunda categoria, no Caramulo.

Rui Costa vence contrarrelógio do Critério de Ninove.


Escrito por: admin

O corredor português Rui Costa (Lampre-Merida), venceu o curto contrarrelógio do critério de Ninove, na Bélgica, com apenas um quilómetro e meio de extensão, batendo Greg Van Avermaet (BMC) e Sep Vanmarcke (Belkin).

Este contrarrelógio antecedeu aquela que foi a prova em linha, ganha pelo corredor alemão Marcel Kittel (Giant-Shimano) ao sprint, deixando para segundo Jens Debusshere (Lotto-Belisol), e para terceiro Vincenzo Nibali (Astana). Rui Costa ficou no sétimo posto.


Fonte: Abola

domingo, 3 de Agosto de 2014

Edgar Pinto vence no alto da Senhora da Graça.


Escrito por: admin

O corredor português Edgar Pinto (LA-Antarte), venceu na chegada à Senhora da Graça, em Mondim de Basto, após 192,5 quilómetros de tirada.

David Belda (Burgos-BH), seguia na frente da tirada, sendo depois ultrapassado por Edgar Pinto que atacou nos quilómetros finais, sendo apenas seguido na roda pelo espanhol Gustavo Veloso (OFM-Quinta da Lixa), segundo na tirada, com o mesmo tempo do português.

O terceiro foi o corredor da Efapel/Glassdrive, Joni Brandão, a 8 segundos.

Na geral, Veloso mantêm-se na liderança com 26 segundos de vantagem para Edgar Pinto, e com 29 segundos para Luis Leon Sanchez (Caja Rural), terceiro na tirada.

Após a etapa de hoje, António Carvalho (LA-Antarte), reforçou a sua condição de líder da montanha, com 56 pontos.

sábado, 2 de Agosto de 2014

Rui Costa vence critério Sint Niklaas.



Escrito por: admin

O corredor português Rui Costa (Lampre-Merida) venceu o critério Sint Niklaas, na Bélgica, batendo sobre a linha de meta o vencedor da Volta a França, Vincenzo Nibali (Astana).

«Fizemos a corrida a uma velocidade alta, fiz média de 42km/h. Estou feliz com este resultado, significa que já estou quase totalmente recuperado da broncopneumonia e as sensações foram boas», escreveu Rui Costa no Facebook oficial, que aponta baterias para a próxima prova: «Amanhã é dia de descanso para mim e o meu próximo critério é no domingo em Ninove.»

Matteo Trenti (Omega Pharma-QuickStep), foi o terceiro a 14 segundos do vencedor.

Fonte: Abola

David Belda vence na Serra do Larouco.


Escrito por: admin

O corredor espanhol David Belda (Burgos-BH), venceu no alto da Serra do Larouco, após 180 quilómetros de tirada, com inicio em Viana do Castelo.

O corredor espanhol atacou nos últimos 4 quilómetros, passando assim a linha de meta isolado, deixando para segundo Ricardo Mestre (Efapel-Glassdrive), e para terceiro Gustavo Veloso (OFM-Quinta da Lixa), ambos a 12 segundos do espanhol.

O novo líder da prova portuguesa é Gustavo Veloso, com o anterior líder Victor de La Parte (Efapel-Glassdrive), é o segundo a 11 segundos e Luis Leon Sanchez (Caja Rural) é terceiro a 21 segundos.

sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

"Luisle" Sanchez e Lars Boom na Astana.

Lars Boom

Escrito por: admin

A Astana anunciou, hoje, a contratação do holandês Lars Boom (Belkin) e de Luis Leon Sanchez (Caja Rural), corredor que está presente na Volta a Portugal.

«Boom é um corredor de clássicas, mas também de grandes voltas. Venceu, por exemplo, a etapa da Volta a França com passagem no piso de pedra, em condições nunca vistas nos últimos anos», congratulou-se o manager da equipa do Cazaquistão, Alexandre Vinokourov.

Boom, assinou por duas temporadas, enquanto que Leon Sanchez por uma.
"Luisle"

Estes são assim dois reforços de grande qualidade, para uma formação que conta com o vencedor da Volta a França, Vincenzo Nibali.

Fonte: Abola

David Vigano vence 2ª tirada da Volta a Portugal.


Escrito por: admin

O corredor italiano David Vigano (Caja Rural), venceu a segunda tirada da Volta a Portugal, numa tirada a fazer ligação entre Gondomar e Braga, com 171,8 quilómetros de extensão.

Vigano deixou para segundo o corredor português Filipe Cardoso (Efapel-Glassdrive), e para terceiro Hugo Sabido (LA-Antarte), ambos com o mesmo tempo do vencedor.


Na geral, Victor de La Parte (Efapel-Glassdrive) mantêm a liderança, a 4 segundos de Gustavo Veloso (OFM-Quinta da Lixa), e a 10 segundos de Luis Leon Sanchez (Caja Rural).

quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Rui Costa segundo no Critério Herentals.


Escrito por: admin

O corredor português Rui Costa (Lampre-Merida), ficou em segundo no Critério Herentals, prova disputada na Bélgica.

O Campeão Mundial de estrada, foi batido por apenas por o italiano Vincenzo Nibali (Astana), vencedor da Volta a França.

O terceiro foi Jurgen Van den Broeck (Lotto-Belisol).


Fonte: Abola

Phil Bauhaus vence 1ª tirada da Volta a Portugal.


Escrito por: admin

O corredor alemão Phil Bauhaus (Stolting) venceu a primeira tirada da Volta a Portugal, uma chegada ao sprint na Maia, após 183,5 quilómetros de extensão.

Numa chegada numa curta subida em empedrado, Bauhaus foi o mais forte, deixando para segundo o português Manuel Cardoso (Banco BIC-Carmim), e para terceiro o espanhol David Vigano (Caja Rural).

Na geral, mantêm-se tudo na mesma, Victor de La Parte (Efapel-Glassdrive) é líder, com Gustavo Veloso (OFM-Quinta da Lixa), a curtos 4 segundos.


A etapa de amanhã fará ligação entre Gondomar e Braga, com 171,8 quilómetros de extensão. A etapa conta com três contagens de montanha, uma de terceira categoria e duas de segunda, colocadas nos últimos 45 quilómetros da tirada.

quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Victor de La Parte primeiro líder da "Grandíssima".


Escrito por: admin

O corredor espanhol Victor de La Parte (Efapel-Glassdrive), venceu o prólogo inaugural da Volta a Portugal, disputado em Fafe, com 6,8 quilómetros de extensão. Com este resultado, La Parte é o primeiro líder da prova portuguesa.

La Parte deixou para segundo o espanhol da OFM-Quinta da Lixa, Gustavo Veloso, a 3.857 segundos, e para terceiro outro espanhol, Luis Leon Sanchez (Caja Rural), a 9.581.


A tirada de amanhã será uma das poucas onde os sprinters poderão ter hipóteses, com uma ligação entre Lousada e Maia, com 183,5 quilómetros de extensão, com uma montanha de quarta categoria ainda na parte inicial da etapa.

domingo, 27 de Julho de 2014

Marcel Kittel vence última tirada do Tour.


Escrito por: admin

O corredor alemão Marcel Kittel (Giant-Shimano), venceu a chegada ao Champs-Élysées, na derradeira tirada da Volta a França.

O alemão deixou para segundo Alexander Kristoff (Katusha) e para terceiro Ramunas Navardauskas (Garmin-Sharp), com o mesmo tempo do vencedor.

Vincenzo Nibali (Astana) segurou a vitória final, com Jean-Christophe Peroud (AG2R) no segundo posto, a 7.37 minutos, e Thibaut Pinot (FDJ), a 8.15.

A vitória nos pontos ficou no corpo de Peter Sagan (Cannondale), mesmo não vencedor qualquer tirada, o jovem eslovaco, arrecadou 431 pontos.

Na montanha a vitória fica para Rafal Majka (Tinkoff), com 181 pontos.

O líder da juventude, que terminou no pódio final da Volta a França, é Thibaut Pinot.

O super combativo da prova foi Alessandro de Marchi (Cannondale) e a melhor equipa é a AG2R La Mondiale.


Nos portugueses, Tiago Machado (NetApp), terminou a prova no 72º posto, enquanto que Nelson Oliveira (Lampre-Merida), ficou no 87º, Sérgio Paulinho (Tinkoff), ficou no 89º, com José Mendes (NetApp) no 124º.

sábado, 26 de Julho de 2014

Tony Martin vence, Nibali mais perto da vitória final no Tour.


Escrito por: admin

O corredor alemão Tony Martin (Omega Pharma-QuickStep), venceu a penúltima tirada da Volta a França, um contrarrelógio individual de 54 quilómetros, com ligação entre Bergerac e Périgueaux.

Martin deixou para segundo Tom Dumoulin (Giant-Shimano), a 1.39 minutos, e para terceiro Jan Barta (NetApp), a 1.47.

Destaque de hoje para Nelson Oliveira (Lampre-Merida), que terminou no 17º posto, a 3.30 minutos de Martin.

Mudança no pódio, Jean-Christophe Péraud (AG2R), sobe para o segundo posto a 7.52 de Vincenzo Nibali (Astana), e a descida para terceiro de Thibaut Pinot (FDJ), a 8.24.

Classificação dos portugueses:
17º Nelson Oliveira 3.30
27º José Mendes 4.23
49º Tiago Machado 5.50
50ª Sérgio Paulinho 5.59

Classificação geral:
72º Tiago Machado 3.27`.40”
87º Nelson Oliveira 3.30`.51”
89º Sérgio Paulinho 3.36`.33”
124º José Mendes 4.07`.01”

sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Ramunas Navardauskas vence 19ª tirada do Tour.

http://resources0.news.com.au/images/2014/07/26/1227002/214648-65cab60c-1413-11e4-b835-19c5916f0215.jpg



Escrito por: admin

O corredor da Garmin, Ramunas Navardauskas, venceu a 19ª tirada da Volta a França, com chegara em Bergerac.

A tirada de hoje era talhada para os sprintrs, mas Navardauskas atacou a 10 quilómetros do final o que lhe permitiu alcançar a vitória, deixando para segundo John Degenkolb (Giant-Shimano) e para terceiro Alexander Kristoff (Katusha), ambos a 7 segundos.

Já dentro dos últimos três quilómetros da tirada, um queda atirou vários corredores ao chão, entre os quais o líder dos pontos, Peter Sagan (Cannondale) e o quinto da geral, Romain Bardet (AG2R).

Sérgio Paulinho (Tinkoff),Tiago Machado e José Mendes (NetApp), e Nelson Oliveira, não estiveram envolvidos na queda, não lhes sendo assim atribuído o tempo do pelotão, chegando a 5.12 minutos do vencedor.

Amanhã será a última oportunidade para haver mexidas na geral, com um contrarrelógio de 54 quilómetros, a fazer ligação entre Bergerac e Périgueux.
 
Fonte: Abola