domingo, 22 de fevereiro de 2015

Chris Froome vence Volta à Andaluzia.


Escrito por: Marco Faria

O corredor britânico Chris Froome (Sky) venceu a Volta à Andaluzia, numa tirada ganha ao sprint por Juan José Lobato (Movistar).

Lobato deixou para segundo John Degenkolb (Giant) a 1 segundo, e para terceiro Sylvain Chavanel (IAM), a 2 segundos.

Quanto aos portugueses, Fábio Silvestre (Trek) terminou no 32º posto, a 22 segundos de Lobato e Sérgio Paulinho (Tinkoff-Saxo), no 108º, a 2m38s.


Na geral, Silvestre terminou no 78º posto, a 39m04s, enquanto que Sérgio Paulinho terminou no 93º, a 41m51s.

Geraint Thomas vence Volta ao Algarve.


Escrito por: Marco Faria

O corredor alemão André Greipel (Lotto-Soudal), venceu hoje a última etapa da Volta ao Algarve, numa chegada ao sprint que carimbou a vitória à geral de Geraint Thomas (Sky) na prova.

Greipel deixou para segundo Tom van Asbroek (Lotto NL-Jumbo), e para terceiro Raymond Kreder (Team Roomport), ambos com o mesmo tempo.

Na geral, Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep) ficou no segundo posto a 27 segundos de Thomas, enquanto que Tiago Machado (Katusha) ficou no terceiro a 1m11s.

Classificações provisórias:
5.ª etapa:
1.º André Greipel (Lotto Soudal), 4h15m40s (Média: 43,392 km/h)
2.º Tom van Asbroeck (Lotto NL), mt
3.º Raymond Kreder (Roompot), mt
4.º Rudiger Selig (Katusha), mt
5.º Gianni Meersman (Etixx-QuickStep), mt
6.º Phil Bauhaus (Bora), mt
7.º Roy Jans (Wanty), mt
8.º Jurgen Roelandts (Lotto Soudal), mt
9.º Alexander Porsev (Katusha), mt
10.º Ben Swift (Sky), mt

Geral
1.º Geraint Thomas (Sky), 19h46m13s
2.º Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), a 27s
3.º TIAGO MACHADO (Katusha), a 1m11s
4.º Richie Porte (Sky), a 1m14s
5.º Luis León Sánchez (Astana), a 1m18s
6.º Rein Taaramae (Astana), a 1m19s
7.º Sergei Chernetski (Katusha), a 1m32s
8.º Alberto Losada (Katusha), a 1m55s
9.º Rubén Fernández (Movistar), a 2m04s
10.º Jon Izaguirre (Movistar), a 2m21s


Fonte: Record

Fernando Gaviria campeão Mundial de Omnium.


Escrito por: Diogo Martins

O jovem colombiano, Fernando Gaviria que recentemente tinha surpreendido grande parte das amantes da modalidade, aquando venceu extraordinariamente duas etapas do Tour San Luis, sagrou-se na noite passada em França campeão mundial na modalidade de Omnium. Gaviria não venceu nenhuma das 6 provas, mas a sua regularidade, terminando sempre no top 5 ou top 3 de cada prova, fez com que fosse suficiente para vencer na geral. De salientar o bronze, além de 2 vitórias nas provas, do italiano da Sky, Elia Viviani.



Nas restantes provas até agora realizadas no velódromo de Saint-Quentin-En-Yvelines – France, no lado masculino, o domínio dos atletas franceses é claramente notório vencendo tanto colectivamente como individualmente. Já no lado feminino as coisas estão dividas entre Germânicas, Chinesas, Russas, Holandesas e, claro, Australianas. 

Rafael Valls Ferri vence Volta a Omã.


Escrito por: Diogo Martins

O suíço da IAM-Cycling, Matthias Brandle venceu a derradeira etapa numa fuga com sucesso juntamente com Iljo Keisse (Etixx-Quick-Step) (2º), Jef Van Meirhaeghe (Topsport Vlaanderen - Baloise) (3º) e Danny Pate (Sky) (4º).

Rafael Valls e Rui Costa, ambos da Lampre-Merida chegaram integrados no pelotão, com o espanhol a segurar assim a vitória final na prova.


Rui Costa manteve o 11º posto a 1m45s de Valls. Nelson Oliveira perdeu quase 4min para o pelotão, ficando assim em 102º a 20:29 na geral classificativa. 

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Chris Froome novo líder da Volta à Andaluzia.


Escrito por: Marco Faria

O corredor britânico Chris Froome (Sky) venceu a 4 e penúltima tirada da Volta à Andaluzia, e assumiu assim a liderança da prova, que pertencia a Alberto Contador (Tinkoff-Saxo).

Froome atacou na subida final conseguindo isolar-se na frente. No segundo posto ficou Alberto Contador, a 29 segundos e em terceiro Mikel Nieve (Sky), a 49 segundos.

Na geral, Froome tem uma vantagem de 2 segundos para o segundo, Contador, e de 2m32s para o terceiro Beñat Intxausti (Movistar).


Amanhã realiza-se a última tirada, com ligação entre Montilla e Alhaurín de la Torre, com 169,8 quilómetros de extensão.

Tiago Machado sobe ao 3º posto na Volta ao Algarve.


Escrito por: Marco Faria

Richie Porte (Sky) venceu a quarta tirada da Volta ao Algarve, numa chegada ao Alto do Malhão. Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep) foi segundo, a 3 segundos, com Jon Iazguirre (Movistar) a ser terceiro, a 6 segundos.

Geraint Thomas (Sky) terminou no quarto posto a 9 segundos, mantendo assim a liderança da prova, com 27 segundos para Kwiatkowski segundo. Tiago Machado (Katusha) terminou a tirada no 6º posto, a 13 segundos de Porte, sendo agora 3º na geral, a 1m11s de Thomas.

Classificações provisórias:
4.ª etapa
1. Richie Porte (Sky), 5:55:34
2. Michal Kwiatkowski (Etixx), a 3s
3. Jon Izaguirre (Movistar), a 6s
4. Geraint Thomas (Sky), a 9s
5. Michael Woods (Optum), a 13s
6. TIAGO MACHADO (Katusha), mt
7. Davide Formolo (Cannondale-Garmin), a 16s
8. Alberto Losada (Katusha), a 21s
9. Luis León Sánchez (Astana), a 25s
10. JOSÉ MENDES (Bora), a 31s

Geral
1.º Geraint Thomas (Sky), 15h30m33s
2.º Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), a 27s
3.º TIAGO MACHADO (Katusha), a 1m11s
4.º Richie Porte (Sky), a 1m14s
5.º Luis León Sánchez (Astana), a 1m18s
6.º Rein Taaramae (Astana), a 1m19s
7.º Sergei Chernetski (Katusha), a 1m32s
8.º Alberto Losada (Katusha), a 1m55s
9.º Rubén Fernández (Movistar), a 2m04s
10.º Jon Izaguirre (Movistar), a 2m21s


Fonte: Record

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Alberto Contador reforça liderança da Volta à Andaluzia.


Escrito por: Marco Faria

Depois de um excelente trabalho da sua equipa, Alberto Contador conseguiu aumentar a vantagem na geral para os seus adversários na Volta à Andaluzia.

Contador foi o mais forte na ligação entre Motril e o alto da Hazllanas, em Guejar Sierra, deixando Chris Froome (Sky) a 19 segundos.

Froome subiu ao segundo posto da geral, a 27 segundos, sendo o único a conseguir mostrar um nível semelhante ao de Contador, já que Romain Bardet (AG2R9, terceiro na etapa, terminou a 1m39s, e Beñat Inxausti (Movistar), quarto, a 1m58s e caiu para terceiro da geral.

Sérgio Paulinho terminou no 65º posto, a 13m50s do seu chefe de fila, e subiu ao 104º posto, a 25m15s, com Fábio Silvestre (Trek) terminou no 93º, a 17m16s, e caiu para o 77º psoto, a 20m32s.

Amanhã realiza-se a penúltima tirada, com ligação entre Maracena e Alto de Las Allanadas, em La Guardia, com uma montanha de primeira categoria a terminar o percurso de 199,8 quilómetros.


Fonte: Abola

Rafael Valls Ferri novo líder da Volta a Omã.


Escrito por: Marco Faria

O corredor espanhol Rafael Valls Ferri (Lampre) venceu a sexta tirada da Volta a Omã, numa chegada no topo da “Montanha Verde”, assumindo a liderança da prova, com Rui Costa a ser sexto.

Valls, deixou para segundo Tejay van Garderen (BMC) a cinco segundos e Alejandro Valverde (Movistar) a 19.

Logo depois chegou Rafal Majka (Tinkoff-Saxo) e o francês Thibaut Pinot (FDJ) e Rui Costa, a mais 39 segundos.

A subida final, 5,7 quilómetros com 10,5% de inclinação média, provocou mudanças na geral. Valls é o novo líder, com Van Garderen a ser segundo a 9 segundos e 19 para Valverde, enquanto que Rui Costa subiu ao 28º, a 1m45s.

Nelson Oliveira (Lampre-Merida), terminou no 57º posto, a 6m06s, sendo agora 104º na geral, a 17m43s.

Esta sábado realiza-se a penúltima tirada, com ligação entre Praia de Al Sawadi e Mascate, com 151 quilómetros de extensão.


Fonte: Abola

Tony Martin vence 3ª tirada da Volta ao Algarve.


Escrito por: Marco Faria

O corredor alemão Tony Martin (Etixx-QuickStep) venceu a terceira tirada da Volta ao Algarve, um contrarrelógio com ligação entre Vila do Bispo e Cabo de São Vicente, com 19 quilómetros de extensão.

Geraint Thomas (Sky) manteve a liderança, ao terminar a tirada no terceiro posto, a três segundos de Martin.

Tiago Machado (Katusha) foi o melhor português na etapa, ao terminar no 10º posto, subindo assim ao sétimo na geral, a 1m07s de Thomas.

Amanhã realiza-se a etapa decisiva, com a subida ao Alto do Malhão. Além do final da tirada ser numa montanha de 2ª categoria, os corredores vão ter ainda 218,3 quilómetros de extensão na tirada.

Classificações provisórias:
Contrarrelógio (etapa 3)
1. Tony Martin (Etixx-QuickStep), 21m51s
2. Adriano Malori (Movistar), mt
3. Geraint Thomas (Sky), a 3
4. Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), a 9
5. Anton Vorobyev (Katusha), a 19
6. Jonathan Castroviejo (Movistar), a 26
7. Rein Taaramae (Astana), mt
8. Luis León Sánchez (Astana), a 32
9. Sergei Chernetski (Katusha), a 34
10. Tiago Machado (Katusha), a 37

Geral:
1.º Geraint Thomas (Sky), 9h34m50s
2.º Tony Martin (Etixx-QuickStep), a 30s
3.º Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), a 39s
4.º Rein Taaramae (Astana), a 53s
5.º Luis León Sánchez (Astana), a 1m02s
6.º Sergei Chernetski (Katusha), a 1m04s
7.º Tiago Machado (Katusha), a 1m07s
8.º Zdenek Stybar (Etixx-QuickStep), a 1m31s
9.º Richie Porte (Sky), a 1m33s
10.º Rubén Fernández (Movistar), a 1m38s


Fonte: Record

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Geraint Thomas novo líder da Volta ao Algarve.


Escrito por: Marco Faria

O corredor britânico Geraint Thomas (Sky) venceu esta quinta-feira a segunda tirada da Volta ao Algarve em bicicleta, numa tirada com chegada em alto em Monchique, assumindo assim a liderança da prova.

Numa tirada com 197,2 quilómetros de extensão, a fuga iniciou-se nos primeiros 20. Marcel Sieberg (Lotto Soudal), Andreas Schillinger (Bora-Argon 18), Fabricio Ferrari (Caja Rural-Seguros RGA), Wesley Kreder (Team Roompot) e Ivan Balykin (RusVelo) chegaram a ter quase cinco minutos de vantagem.

Thomas conseguiu assumir a dianteira da corrida após a primeira passagem pela meta, conservando uma vantagem confortável até ao final. Rein Taaramae (Astana) não conseguiu seguir na roda do britânico no sprint final e foi o segundo a terminar a tirada. Tiago Machado terminou no 11º, a 23 segundos de Thomas.

Esta sexta-feira disputa-se um contrarrelógio com ligação entre Vila do Bisco e Cabo de São Vicente, com 19 quilómetros de extensão.

Classificações provisórias:
2.ª etapa
1. Geraint Thomas (Sky)
2. Rein Taaramae (Astana) a 19s
3. Valerio Agnoli (Astana) a 23s
4. Luis León Sánchez (Astana) mt
5. Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep) mt
6. Zdenek Stybar (Etixx-QuickStep) mt
7. Alberto Losada (Katusha) mt
8. Sergei Chernetski (Katusha) mt
9. Lars Petter Nordhaug (Sky) mt
10. Salvatore Puccio (Sky) mt

Geral:
1. Geraint Thomas (Sky)
2. Rein Taaramae (Astana) a 30s
3. Zdenek Stybar (Etixx-QuickStep) a 33s
4. Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep)mt
5. Luis León Sánchez (Astana) mt
6. Richie Porte (Sky) mt
7. Sergei Chernetski (Katusha) mt
8. Tony Martin (Etixx-QuickStep) mt
9. Tiago Machado (Katusha) mt
10. Alberto Losada (Katusha) mt


Fonte: Record

Alexander Kristoff vence terceira tirada da Volta a Omã.


Escrito por: Marco Faria

O corredor norueguês Alexander Kristoff (Katusha) venceu, esta quinta-feira, a terceira etapa da Volta a Omã, com Fabian Cancellara (Trek) a segurar a liderança.

Kristoff deixou para segundo Andrea Guardini (Astana) e para terceiro Matteo Pelucchi (IAM).

Na etapa os portugueses Rui Costa e Nelson Oliveira, ambos da Lampre-Merida, terminaram a tirada no 28º e 77º postos, com o mesmo tempo do vencedor.

Ao chegar também no pelotão, Fabian Cancellara conservou a liderança, mantendo os quatro segundos de avanço para Alejandro Valverde (Movistar) e cinco para Patrick Konrad (Bora-Argon 18).

Na geral, Rui Costa subiu oito lugares, é agora 28º, a 10 segundos de Cancellara, enquanto Nelson Oliveira é 123º, a 11m39s.

Esta sexta-feira, a quarta tirada, com 189 quilómetros, vai fazer ligação entre Mascate e Jabal Al Akhdhar, terminando numa subida com 5,7 quilómetros de extensão, com 10,5% inclinação média.


Fonte: Record

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Alberto Contador lidera Volta à Andaluzia.


Escrito por: Marco Faria

O corredor espanhol Alberto Contador (Tinkoff-Saxo) é o novo líder da Volta à Andaluzia, depois de terminar o segundo sector da primeira tirada da prova.

Contador terminou o contrarrelógio no 4º posto, a 6 segundos do vencedor Javi Moreno (Movistar).
Em segundo terminou Wilco Kelderman (Lotto) a 2 segundos de Moreno e em terceiro terminou Jerome Coppel (IAM) a 4 segundos.


Na geral, Bob Jungles (Trek) é segundo com o mesmo tempo de Contador, com Benat Intxausti (Movistar) a ser terceiro a 1 segundo. Chris Froome (Sky) é 4º a 8 segundos do espanhol da Tinkoff.

Fabian Cancellara novo líder da Volta a Omã.


Escrito por: Marco Faria

O corredor suíço Fabian Cancellara (Trek) chegou esta quarta-feira à liderança da Volta a Omã, ao vencer a segunda etapa ao sprint, batendo Alejandro Valverde (Movistar).

As duas ligeiras subidas na parte final da ligação entre Al Hazm e Al Bustan ajudaram a partir o pelotão deixando apenas um pequeno grupo na frente da corrida, onde Cancellara foi o mais forte, deixando para segundo Valverde e para terceiro Greg Van Avermaet (BMC).

Quanto aos portugueses em prova, ambos da Lampre, Rui Costa terminou no 38º posto, a 46 segundos, enquanto que Nelson Oliveira terminou no 136º, a 11m29s.

Cancellara é agora o novo líder, com quatro segundos de avanço para Valverde e cinco para Patrick Konrad (Bora-Argon 18), que manteve o terceiro posto.

Na geral, Rui Costa é 36º, a 56 segundos de Cancellara, enquanto que Nelson Oliveira é 130º, a 11m39s.

Esta quinta-feira realiza-se a terceira tirada com 158 quilómetros de extensão, com partida e chegada em Al Mussanah.


Fonte: Record

Fábio Silvestre segundo na 1ª etapa da Volta à Andaluzia.


Escrito por: Marco Faria

O corredor português Fábio Silvestre (Trek) foi hoje segundo classificado no primeiro sector da etapa inaugural da Volta à Andaluzia, após um final atribulado devido a uma queda.

No final dos 118,3 quilómetros que fizeram ligação entre La Rábida a Hinojos, Pim Lighart (Lotto-Soudal) bateu Silvestre e Grega Bole (CCC Sprandi) por dois segundos.

Uma queda coletiva a dois quilómetros partiu o pelotão e deixou na frente um grupo com aproximadamente 30 corredores.

Alberto Contador (Tinkoff-Saxo) e Chris Froome (Sky), escaparam ilesos á queda, terminando no grupo da frente. Sérgio Paulinho (Tinkoff-Saxo) terminou no 70º posto, a 3m27s.

A primeira etapa completa-se esta tarde com um contrarrelógio individual de 8.2 quilómetros em Coria del Rio, Sevilha.


Fonte: Record

Gianni Meersman vence primeira tirada da Volta ao Algarve.


Escrito por: Marco Faria

O corredor belga Gianni Meersman (Etixx-QuickStep) venceu a etapa inaugural da Volta ao Algarve, uma etapa com 166,7 quilómetros com ligação entre Lagos e Albufeira.

Meersman foi o mais rápido no sprint final, deixando para segundo Bem Swift (Sky) e para terceiro Paul Martens (Lotto NL-Jumbo).

Amanhã realiza-se a segunda etapa, com ligação entre Lagoa e Monchique, com 197,2 quilómetros de extensão.

Classificação da etapa:
1.º Gianni Meersman (Etixx-QuickStep), 4h13m53s
2.º Ben Swift (Sky), mt
3.º Paul Martens (Lotto NL-Jumbo), mt
4.º Roy Jans (Wanty-Groupe Gobert), mt
5.º Zdenek Stybar (Etixx-QuickStep), mt
6.º Raymond Kreder (Team Roompot), mt
7.º Jesús Herrada (Movistar),mt
8.º Ramunas Navardauskas (Cannondale-Garmin), mt
9.º Michal Kwiatkowski (Etixx-QuickStep), mt
10.º Guillaume Boivin (Optum), mt


Fonte: Abola

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Andrea Guardini vence primeira tirada da Volta a Omã.


Escrito por: admin

O corredor italiano Andrea Guardini (Astana) venceu esta terça-feira ao sprint a primeira tirada da Volta a Omã, com Rui Costa e Nelson Oliveira a chegarem integrados no pelotão.

Guardini deixou para segundo Tom Boonen (Etixx-QuickStep) e para terceiro Matteo Pelucchi (IAM Cycling), após completar os 161 quilómetros de tirada, com ligação entre Castelo de Bayt Al Naman e Al Wutayyah.

Rui Costa e Nelson Oliveira, ambos da Lampre-Merida, terminaram no 64º e 103º posto, com o mesmo tempo do vencedor.

Graças ás bonificações, Guardini é o líder com 4 segundos de avanço para Boonen e cinco para Patrick Konrad (Bora-Argon 18), que beneficiou das bonificações dos sprints intermédios. Rui Costa e Nelson Oliveira são 67º e 107º, a 10 segundos de Guardini.

Amanhã realiza-se mais uma etapa, com ligação entre Castelo de Al Hazm e Al Bustan, com 195 quilómetros de extensão.


Fonte: Record

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Alberto Contador abandonará em 2016.


Escrito por: admin

No dia de apresentação das equipas oficiais da Fundação Alberto Contador, o corredor espanhol, de 32 anos, aproveitou para anunciar que 2016 será a sua última época como profissional.

"Fisicamente recupero bem, mas os anos já se notam", afirmou o ciclista da Tinkoff-Saxo, equipa com quem termina contrato no final deste ano. "A minha ideia é correr este ano e o próximo. Não me vejo a competir além de 2016."

Recorde-se que Alberto Contador já venceu as três grandes provas por etapas mundiais, Tour, Vuelta e Giro.

Vídeo com alguns momentos de Contador:


Fonte: Record

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Mark Cavendish vence Clássica de Almeria.


Escrito por: Marco Faria

O corredor britânico Mark Cavendish (Etixx-QuickStep) venceu, este domingo, a Clássica de Almeria. Cav deixou para segundo Juan José Lobato (Movistar) e para terceiro Mark Renshaw seu companheiro de equipa.

O melhor português na prova foi Fábio Silvestre (Trek), no 37º posto, com José Mendes (Bora-Argon 18) a ser 62º, Ricardo Vilela (Caja Rural) 66º e Tiago Machado (Katusha) 99º, a 5m15s do vencedor.


Fonte: Abola

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Niki Terpstra vence Volta ao Qatar.


Escrito por: admin

Niki Terpstra voltou a vencer a Volta ao Qatar, após uma tirada ganha por Sam Bennet (Bora Argon 18).

A geral estava ainda em aberto, com Terpstra a iniciar a etapa final com 6 segundos de vantagem para Bodnar Piscina (Team Saxo Bank-SunGard) e 11 para Alexander Kristoff (Katusha). Com três segundos em dois sprints intermédios e 10 segundos de bonificação na chegada, a geral podia ainda sofrer alteração.

Kristoff ainda conseguiu reduzir a desvantagem para 9 segundos, mas sobre a linha de meta Bennet foi o mais forte, deixando para segundo Andrea Gardini (Astana) e para terceiro Nacer Bouhanni (Cofidis).

Quanto aos portugueses, Mário Costa (Lampre-Merida), terminou no 57º posto com o mesmo tempo de Bennet, enquanto que Nelson Oliveira, também da Lampre, terminou no 83º posto, a 12 segundos.

Na geral, Nelson Oliveira terminou no 68º posto, a 12m02s, enquanto que Mário Costa terminou no 95º, a 15m58s.


Fonte: Jornal Ciclismo

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Alexander Kristoff volta a vencer na Volta ao Qatar.


Escrito por: Marco Faria

O corredor norueguês Alexander Kristoff (Katusha) venceu hoje pela terceira vez na Volta ao Qatar, que continua a ter como líder Niki Terpstra (Etixx-QuickStep).

Kristoff voltou a mostrar-se o mais forte ao sprint, deixando para segundo Peter Sagan (Tinkoff-Saxo) e para terceiro Nikias Arndt (Giant-Alpecin).

Niki Terpstra mantêm a liderança, com seis segundos para Maciej Bodnar (Tinkoff-Saxo), segundo e 11 segundos pra Alexander Kristoff, terceiro.

Quanto aos portugueses, Nelson Oliveira (Lampre-Merida) terminou no 91º posto, a 2m10s do vencedor, e Mário Costa, também da Lampre, no 110º, a 3m40s.


Fonte: Record

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Niki Terpstra novo líder da Volta ao Qatar.


Escrito por: Marco Faria

O corredor holandês Niki Terpstra (Etixx-QuickStep) venceu o contrarrelógio de hoje da Volta a Qatar, disputado no circuito de Losail, assumindo assim a liderança da geral.

O vencedor da prova em 2014, Terpstra necessitou de 7.53,42 minutos para cumprir os 10,9 quilómetros, deixando Fabian Cancellara (Trek), para segundo a cinco segundos e Bradley Wiggins (Sky), para terceiro a seis segundos.

Na geral, Terpstra é líder, com 11 segundos para Maciej Bodnar (Tinkoff-Saxo) e 12 para Ian Stannard (Sky), enquanto que Alexander Kristoff (Katusha), anterior líder, é agora sexto, a 36.

Quanto aos portugueses, Nelson Oliveira (Lampre), terminou no 28º posto, a 46 segundos de Terpstra, sendo agora 75º na geral, a 9.40 minutos. Mário Costa (Lampre), foi 108º, a 1.42 minutos, e é agora 106º na geral, a 12.18 minutos.

Amanhã corre-se a quarta tirada, com ligação entre Al Takhira e Mesaieed, com 165,5 quilómetros de extensão.


Fonte: Record

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Alexander Kristoff novo líder da Volta ao Qatar.


Escrito por: Marco Faria

O corredor norueguês Alexander Kristoff (Katusha) é o novo líder da Volta ao Qatar, após vencer a tirada de hoje ao sprint, disputada entre Al Wakra e Al Khorn, com 187,5 quilómetros de extensão.

Na geral, Kristoff é líder, com Tom Boonen (Etixx-QuickStep) a um segundo e Greg Van Avermaet (BMC) a três.

Quanto aos portugueses, Nelson Oliveira (Lampre) terminou hoje no 44º posto, a 3.08 minutos de Kristoff e subiu ao 76º posto da geral, a 9.02 minutos. Mário Costa (Lampre), terminou no 90º posto, a 9.18 minutos, sendo 99º na geral, 10.44.

A terceira tirada da Volta ao Qatar é um contrarrelógio de 10,9 quilómetros, disputado no circuito de Lusail.


Fonte: Record

domingo, 8 de fevereiro de 2015

José Joaquín Rojas vence 1ª tirada da Volta ao Qatar.


Escrito por: Diogo Martins

O espanhol José Joaquín Rojas da Movistar foi o mais forte ao bater Tom Boonen (Etixx-QuickStep), Aurnaud Demare (FDJ) e Peter Sagan (Tinkoff-Saxo) ao sprint, na etapa inaugural de 136km da Volta ao Qatar. O dia fica marcado por ser a estreia de Mário Costa, irmão de Rui Costa, e o massagista Bruno Lima, ambos contratados para a Lampre-Merida provenientes da OFM-Quinta da Lixa-W52. Nelson Oliveira também iniciou hoje a sua época competitiva.

Amanhã a etapa é igualmente plana e terá um percurso de 194,5km.

Classificação de etapa:
1º José Joaquín Rojas (MOV) 03:49:40
2º Tom Boonen (EQS) +mt
3º Aurnaud Demare (FDJ) +mt
4º Peter Sagan (TCS) +mt
5º Sam Bennett (BOA) +mt
(…)
106º Mário Costa (LAM) +1:26min
139º Nélson Oliveira (LAM) +5:54min

Classificação Geral:
1º José Joaquín Rojas (MOV) 03:49:40
2º Tom Boonen (EQS) +0:04
3º Aurnaud Demare (FDJ) +0:06
4º Niki Terpstra (EQS) +0:08
5º Roberto Ferrari (LAM) +0:09
(…)
106º Mário Costa (LAM) +1:26min

139º Nélson Oliveira (LAM) +5:54min

Rohan Dennis bate recorde da Hora.




Escrito por: Diogo Martins

O australiano Rohan Dennis (BMC) conseguiu uma impressionante marca de 52,491 km! Depois de ter vencido em Janeiro o Tour Down Under e ter sido apenas batido pelo compatriota da SKY, Richie Porte (Sky), no campeonato nacional de contra-relógio, Dennis escreve, com apenas 24 anos, o seu nome na lista dos recordistas da hora. De relembrar que o anterior recorde pertencia a Mathias Brandle (IAM), com a marca de 51,852.


Alex Dowsett (Movistar) será o próximo a tentar bater recorde, será capaz? Dia 27cá estaremos para ver! 

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Tony Martin e Michal Kwiatkowski presentes na Volta ao Algarve.


Escrito por: Marco Faria

O corredor polaco Michal Kwiatkowski, campeão Mundial de fundo, e o alemão Tony Martin tricampeão mundial de contrarrelógio, foram esta segunda-feira confirmados na Volta ao Algarve, tal como José Mendes.

Recorde-se que quer Kwiatkowski quer Martin já venceram a Algarvia, o polaco em 2014 e o alemão em 2011 e 2013.

Entre os portugueses presentes estará José Mendes (Bora-Argon 18), André Cardoso (Garmin) e Tiago Machado (Katusha).

O pelotão contará com 22 equipas, oito delas do WorldTour, a Astana, Cannondale-Garmin, Ettix-QuickStep, Katusha, Lotto NL-Jumbo, Lotto Soudal, Movistar e Sky.


Fonte: Record

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Jack Bobridge falha recorde da hora.


Escrito por: Diogo Martins

O australiano Jack Bobridge de 25 anos que tinha sido recentemente medalha de bronze na prova de contrarrelógio dos campeonatos australianos e a classificação da montanha no Tour Down Under, não consegui bater o recorde registrado por Mathias Brandle de 51,852km. 

Jack ficou-se pelos 51,3 quilómetros. "Nunca imaginei. Senti-me muito perto da morte. Foi o esforço mais duro de toda a minha vida. Aos 20 minutos já não tinha forças e tive de continuar. Não se tem dado o valor devido a este recorde. É brutal", comentou, dando os parabéns a Brandle pela marca que possui.

O próximo a tentar bater será Rohan Dennis (BMC), no velódromo de Grenchen, Suíça.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Ricardo Mestre de regresso a Tavira.

Foto: Nuno Veiga/Lusa

Escrito por: admin

O Clube de Ciclismo de Tavira anunciou esta quinta-feira que a sua equipa profissional se irá designar por Team Tavira em 2015, ano em que regressa Ricardo Mestre para tentar vencer a Volta a Portugal.

Em relação a 2014, a formação terá como novos elementos Ricardo Mestre, vencedor da Volta a Portugal de 2011, e Fábio Rodrigues, com apenas 18 anos.

"Naturalmente, Mestre será a grande aposta do Team Tavira para lutar pela vitória na Volta a Portugal, sendo esse o objetivo maior para esta temporada", pode ler-se no comunicado da formação. Mestre, de 31 anos, saiu para a espanhol Euskaltel-Euskadi em 2013 rumando assim à Efapel-Glassdrive, regressando agora aquela que foi a sua casa entre 2005 e 2012.

Novamente com Vidal Fitas como diretor desportivo, o Team Tavira terá 11 corredores: Ricardo Mestre (completo), Manuel Cardoso (sprinter), Daniel Mestre (sprinter), Rafael Reis (rolador), Diogo Nunes (rolador), Fábio Rodrigues (rolador), David Livramento (trepador), Henrique Casimiro (trepador).


Fonte: Record

Richie Porte líder da Sky na Volta ao Algarve.


Escrito por: admin

O corredor australiano Richie Porte vai ser o líder da Sky na Volta ao Algarve, que se realiza entre 18 e 22 de fevereiro.

O campeão australiano de contrarrelógio e segundo no Tour Down Under, e já venceu a Volta ao Algarve em 2012.

A organização da prova, confirmou a presenºa de 22 equipas, oito do World Tour: Astana, Cannondale-Garmin, Ettix-QuickStep, Katusha, Lotto NL-Jumbo, Lotto Soudal, Movistar e Sky.

Estão ainda inscritas cinco continentais profissionais: Bora-Argon 18, Caja Rural-Seguros RGA, RusVelo, Team Roompot e Wanty-Groupe Gobert. E ainda nove continentais, Efapel, LA-Antarte, Louletano-Ray Just Energy, Rádio Popular-Boavista, Tavira e W52-Quinta da Lixa, a norte-americana Optum p/b Kelly Benefit Strategies, a polaca ActiveJet e a basca Murais Taldea.


Fonte: Abola

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Mark Cavendish vence última tirada do Tour de San Luis.


Escrito por: Marco Faria

Mark Cavendish (Etixx-QuickStep), a sétima tirada do Tour de San Luis, uma chegada ao sprint numa tirada sem grandes dificuldades.

Cav deixou para segundo Fernando Gaviria (Seleção Colombia), e para terceiro Jakub Marezko (Seleção Itália), ambos com o mesmo tempo do britânico.


Após esta vitória Dani Diaz (Funvic) foi coroado como vencedor da prova à geral, com Rodolfo Torres (Colombia), a 1m05s no segundo posto, e Nairo Quintana (Movistar), a 1m34s.